(16) 3831-3262

Sessão Ordinária realizada 06 de fevereiro de 2017

Aos seis dias do mês de fevereiro do ano de dois mil e dezessete (2017), às 20:00 horas, realizou-se na sede da Câmara Municipal de Guará, Estado de São Paulo, a primeira sessão ordinária da primeira sessão legislativa da décima sétima legislatura, sob a presidência da Vereadora Fabiana Junqueira Seribeli. Feita a chamada regimental, foi constatada a presença dos seguintes Vereadores: Abílio Mateus Borges, André Luís Kihara Montrezolo, Fabiana Junqueira Seribeli, Fabiano de Freitas Figueiredo, Helder Figueiredo dos Santos, Luís Henrique Fernandes, Maria Amélia Furtado de Paula e Silva, Pedro Paulo Claudino, Raphael de Paula Asse, Regina Rodrigues Coelho e Valdeir Ponciano da Silva. Havendo número legal, a Presidente invocou a proteção Divina e declarou aberta a presente sessão. Expediente: Foi feita a leitura das seguintes proposições: Projeto de Lei nº 01/2017 – CM (denominação rua) (enviado paras as comissões competentes); Requerimento ao Prefeito nº 01/2017 – CM (informações ao Prefeito) (enviado para as comissões competentes) e Requerimento ao Prefeito nº 02/2017 – CM (informações ao Prefeito) (enviado para as comissões competentes). Leitura da Moção de Apoio nº 01/2017 – CM (apoio ao Decreto nº 2.898/2017 do Executivo). Discussão da Moção de Apoio nº 01/2017 – CM. Fez uso da palavra o Vereador Raphael de Paula Asse, que deu os devidos esclarecimentos acerca da presente proposição. Ninguém mais fez uso da palavra. Colocada em votação a Moção de Apoio nº 01/2017 – CM, foi aprovada por unanimidade dos presentes. Nada mais. A Senhora Presidente declarou aberta a Tribuna Livre. Ninguém fez uso da palavra. Nada mais havendo a tratar no Expediente, passou-se para a Ordem do Dia. Nada a tratar. Nada mais a tratar, passou-se para as Explicações Pessoais. Usaram a palavra os seguintes Vereadores: Fabiano de Freitas Figueiredo: cumprimentou os novos Vereadores e se colocou à disposição. Disse ser necessária cautela em relação às indicações, pois em geral, praticamente todas demandam gastos, o que se torna inviável diante da difícil situação financeira do município, conforme noticiada pelo Prefeito, através do Decreto 2.898/2017. Deu esclarecimentos acerca dos Requerimentos ao Prefeito nºs. 01 e 02/2017, ambos de sua autoria. Fez algumas consignações acerca do Decreto nº 2.898/2017, de autoria do Executivo Municipal. Mencionou acerca da necessidade de conceder transporte gratuito aos estudantes universitários. Regina Rodrigues Coelho: disse que se coloca à disposição dos demais Vereadores. Fez consignações esclarecedoras acerca do Decreto nº 2.898/2017 de autoria do Executivo Municipal. Em seguida fez consignações sobre o transporte de universitários, mencionando que a questão deve ser tratada com responsabilidade, para que não cause prejuízos aos estudantes. Raphael de Paula Asse: disse que as parcerias públicas privadas são contemporâneas e de resultados positivos e, portanto, é necessário buscá-las em favor de benefícios ao transporte de estudantes universitários. Luís Henrique Fernandes: disse que é necessário o empenho e todos os Vereadores em favor do município. Com relação ao transporte, necessário que a Prefeitura possa arcar com a maior parte das despesas relacionadas. Pedro Paulo Claudino: fez consignações acerca do transporte de estudantes universitários. Disse que o tema é preocupante, inclusive por parte desta Casa de Leis e Executivo. Disse que é necessário unir forças para buscar ações para minimizar a questão do transporte universitário. Maria Amélia Furtado de Paula e Silva: disse que o problema do transporte universitário é do município e, portanto, deve ser debatido por esta Casa de Leis. O transporte é uma conquista dos estudantes e é muito importante para auxiliar os estudantes na realização do sonho da formação universitária. Mencionou que é necessário unir forças para resolver a questão da maneira menos prejudicial aos alunos. Ninguém mais fez uso da palavra. Nada mais havendo a tratar, a Senhora Presidente declarou encerrada a presente sessão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.